buscar
por

Praça Costa Pereira

Conhecida no período colonial pelo nome de “Prainha”, a Praça Costa Pereira (centro de Vitória) já abrigou uma pequena capela, que por determinado período abrigou a imagem de Nossa Senhora da Conceição da Prainha (hoje na igreja do Rosário de Vitória). Esse orago foi por algum tempo a padroeira da cidade de Vitória, antes ainda da fundação da Catedral e da escolha de Nossa Senhora da Vitória.

A Igreja da Prainha foi demolida no final do século XIX para dar lugar ao primeiro teatro do Espírito Santo  – o Theatro Melpomene todo construído em “pinho de riga”. O palco do Melpomene divertia a população de Vitória, ainda nos primeiros dias do cinema mudo e dos teatros de revista.

Mas a modernidade impôs seu tempo e o teatro de madeira foi demolido para dar lugar ao atual “Theatro Carlos Gomes” que nos serve de palco para a ópera, dramaturgia, solenidades e orquestras.

Sendo o coração da capital capixaba a Praça, batizada em homenagem ao presidente da província do Espírito Santo – José Fernandes da Costa Pereira Junior, foi palco de embates políticos e manifestações sociais, tudo observado pelas estátuas de quatro dos nossos principais governadores – Muniz Freire, Florentino Avidos, Afonso Cláudio e Jerônimo Monteiro.

Hoje além das apresentações no Theatro Carlos Gomes a população pode aproveitar o recém-restaurado “Centro Cultural Sesc Glória” com cinema, espaço expositivo, teatro, apresentações musicais e biblioteca.

Para os jovens, que descem a Rua Sete em dia de festa, a Praça Costa Pereira pode ser apreciada como ponto de encontro e, com sorte, contemplar a apresentação de algum teatro de rua ou show musical.

Diovani Favoreto
Historiadora 

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS