buscar
por

OPÇÃO PELO SAUDÁVEL

Alimentação é coisa séria, o que colocamos em nosso corpo gera consequências a curto e longo prazo, tanto para o bem quanto de forma negativa. Mas no meio de tantos modismos e tendências na alimentação como macrobiótica, veganismo, vegetarianismo, opção por alimentos de baixa caloria, entre outras, fica muito difícil definir qual nos faz bem.

Para ajudar, primeiro temos que entender que ter uma alimentação saudável não significa comer pouco ou viver de regime. O Ministério da Saúde recomenda três refeições diárias e dois lanches, com três a cinco porções de legumes e três de frutas todos os dias.
Mas no meio de tantas informações surgem vários mitos e verdades sobre a alimentação. Observe alguns:

Leite faz mal?
Quem é intolerante à lactose ou alérgico à proteína do leite deve tomar cuidado com ele e seus derivados. Mas a verdade é que as pesquisas científicas, em sua maioria, votam a favor da inclusão desse alimento na dieta da população em geral.

Aquecer o azeite faz com que ele se torne prejudicial?
Tem quem fale que, em altas temperaturas, as gorduras benéficas do azeite se convertem em substâncias perigosas. Mas isso não acontece nas nossas cozinhas. Segundo trabalhos da Universidade Estadual de Campinas, para os compostos do azeite se converterem em algo negativo, eles precisariam ser submetidos a um calor muito intenso, e por um tempo prolongado, o que não ocorre durante os preparos caseiros.

Ovo faz o colesterol disparar?
O ovo fornece colesterol sim, mas, por outro lado, contém substâncias que bloqueiam a chegada dessa partícula no sangue.
Já há inclusive estudos sugerindo que incluir o ovo no dia a dia elevaria até um pouquinho o colesterol bom, portanto não é preciso abrir mão dessa delícia para ficar com as taxas em dia. Mas, se o seu colesterol está alto pergunte ao profissional de saúde quantas unidades comer por semana.

Então, no meio de tantas opções a ordem do dia é equilíbrio, portanto procure conciliar o prazer da alimentação com a saúde que ela pode nos proporcionar.
Fonte: Saúde Abril
OBSERVE ESTAS DICAS:
Prefira os grãos integrais: pães, massas e arroz integral contêm mais fibras e ajudam na digestão.
Coma arroz e feijão pelo menos cinco vezes na semana.
Consuma, diariamente, uma porção de leite ou derivados.
Consuma, diariamente, no máximo, uma porção de manteiga ou de margarina.
Refrigerantes, sucos industrializados, bolos, biscoitos e outras guloseimas devem ser consumidos com moderação.
Reduza o consumo de sal. Uma coisa que ajuda é tirar o saleiro da mesa.
Beba pelo menos dois litros de água por dia.

Fonte: Comer Bem

Vander Silva
Professor e jornalista

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS