buscar
por

Corredores de hospital transformados em rua dos anos 30

Parklets estimulam humanização na Grande Vitória
Os bairros de Jardim Camburi, em Vitória, e Praia da Costa, em Vila Velha, já contam com parklets, que se tornaram uma tendência mundial. Os parklets são uma extensão da calçada que funciona como um espaço público de lazer e convivência e são confeccionados com pallets de madeira. Sua implantação visa a humanizar e democratizar o uso das vias públicas. Em João Pessoa, na Paraíba, um estudante trabalhou a questão em seu projeto de conclusão de curso e, em seguida, a cidade ganhou o seu primeiro parklet.

 

Pesquisa associa soneca prolongada após o almoço com o risco de diabetes
Sestas diárias com mais de uma hora podem aumentar o risco de desenvolver diabetes tipo 2 é o que afirma pesquisa realizada por estudiosos da Universidade de Tóquio. O estudo afirma que esse risco suplementar seja de 45%. A diabetes do tipo 2, que representa 90% dos casos da doença, corresponde à incapacidade do organismo para regular o nível de açúcar no sangue.

 

Corredores de hospital transformados em rua dos anos 30
A iniciativa de transformar os corredores em rua dos anos 30 é do diretor de um centro médico especializado em tratamento de Alzheimer, em Ohio, nos Estados Unidos. Os quartos do centro médico Lanterna tem a aparência de uma casa, para fazer com que os pacientes se sintam no lugar e no tempo em que viveram. Além do aspecto arquitetônico, durante todo o dia, sons da natureza e aromas cítricos invadem o lugar.

 

Tinta térmica substitui ar condicionado
A NASA desenvolveu uma tinta à base de água e microesferas de vidro, capaz de reduzir a temperatura e o consumo de energia dentro das residências. A tinta térmica é a mais barata das soluções utilizadas nas obras de isolamento térmico e, desde que começou a ser comercializada em lojas de construção nos EUA, rapidamente se popularizou, pelo seu custo e por ser mais sustentável do que outras técnicas de isolamento. O material pode ser aplicado em qualquer superfície e reduz em até 60% o consumo de energia elétrica utilizada para refrigeração.

 

Prefeito indígena eleito no Acre
Isaac Piyãko foi eleito o primeiro prefeito indígena da cidade de Marechal Thaumaturgo, no Acre.

 

Ambientalista sobrevoa o Rio Doce em paramotor durante 20 dias
O piloto de paramotor e ambientalista Lu Marini sobrevoou o Rio Doce, partindo de Mariana, Minas Gerais, até a sua foz em Regência, Espírito Santo. O trajeto compreende a região devastada após o rompimento da barragem da Samarco, em novembro de 2015. Foram percorridos 986 quilômetros na expedição “Rastreando o Rio Doce” como parte do Projeto Rios, em que Lu sobrevoa rios mostrando a situação da natureza. Durante o trajeto, a crise hídrica também foi percebida. “A questão da seca esteve presente em todo o percurso. Há muita areia nos rios. Observei apenas uma lâmina de água aparecendo. Vi, também, esgoto sendo jogado nos rios”, lamenta o piloto.

 

Respirador minúsculo cura o ronco e ajuda pessoas com apneia
Uma startup norteamericana criou um minúsculo respirador para pacientes que sofrem de apneia. O aparelho, que mede 5×3 cm e pesa 25 gramas, possui 2 microventiladores que sopram ar nos pulmões ao longo da noite, auxiliando na respiração e impedindo o ronco. O respirador chamado Airing, segundo seus desenvolvedores, pode funcionar por mais de 8 horas. Para dar sequência ao desenvolvimento, a empresa busca fundos através de um financiamento coletivo.

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS