buscar
por

Como cultivar temperos em casa?

RELIGIÃO
Ana Maria Lemos
Secretária Executiva do Departamento Pastoral da Arquidiocese 

Com a nova metodologia da catequese com inspiração catecumenal, o que muda na catequese da Arquidiocese de Vitória?
Podemos dizer que muda pouco e muda muito. Em termos de doutrina, dos ensinamentos do Magistério da Igreja e do próprio RICA – Ritual de Iniciação Cristã de Adultos – não há mudanças. Porém uma coisa fundamental e muito bela é a mudança de enfoque, de olhar. É propiciar ao catequizando um encontro com a “Pessoa” de Jesus Cristo, uma verdadeira experiência de amadurecimento na fé, rica em simbolismo, inserida na comunidade, celebrativa e centrada no Mistério Pascal. Mergulhar nessa inspiração catecumenal tem sido um momento muito especial, em primeiro lugar para os catequistas, instrumentos dessa renovação, e consequentemente para a transformação de nossas comunidades.

 

ANIMAIS
Dr. Carlos Eduardo de Carvalho
Médico veterinário

O que é um cão fiel?
A fidelidade dos cães pode ser comprovada pelos mais diversos casos em que os animais demonstram seu companheirismo e lealdade em relação aos seus tutores. Estes tornam-se ainda mais importantes devido a carência e a vontade de aprender dos caninos. O fato de poder ajudar as pessoas em diversas situações, como guiar cegos, encontrar e resgatar pessoas, também estreita a relação de fidelidade dos cães com os humanos. Existem estudos e exemplos que comprovam que o cão é completamente dependente do seu dono. Em um deles, ficou evidenciado que o cão prefere o cheiro do seu dono, independentemente de sua presença, aos petiscos, brinquedos, cheiro de outras pessoas e outros animais, por isso a euforia e o êxtase quando os donos estão por perto. Nesta relação, a fidelidade é mantida ainda que o dono esteja triste, magoado, com raiva, feliz ou até mesmo brigue com o cão. Isso porque os cães esperam que seu dono seja a base segura que irá os encorajar a aprender coisas novas. Portanto, o cão sempre será fiel e dependente de uma pessoa, ou ainda de um líder, como numa matilha de cães, em que um deles sempre terá o papel de liderança sobre os outros.

 

CONSTRUÇÃO
Bianca de Souza Pereira
Arquiteta e urbanista

Por que algumas casas têm o problema da umidade?
Esta é uma patologia que pode ter diversas causas, como: umidade natural do solo, vazamento de tubulações, chuva e demais intempéries, falta de drenagem de superfícies, infiltrações, falta de ventilação, falta de impermeabilização, porosidade dos materiais, falha de projeto, entre outras. Tais causas têm por consequência gotejamento em lajes e paredes, bolhas, manchas, mofo, oxidação, eflorescência (manchas brancas formadas pelo afloramento de sais nas superfícies dos materiais), descascamento de pintura e descolamento de revestimento.

 

Como acabar com a umidade?
O tratamento depende da intensidade do problema, que deve ser orientado por profissionais habilitados e seguir rigorosamente as instruções dos fabricantes. Problema de umidade no rodapé, por exemplo, deve-se retirar todo o emboço a altura de 1,5m até deixar a mostra o tijolo, aplicar uma camada de argamassa polimérica (cimento, agregados minerais inertes, polímeros acrílicos e aditivos). Caso haja trincas e fissuras estas devem ser tratadas antes da aplicação da argamassa. A argamassa polimérica também é recomendada em áreas molhadas como cozinha, banheiro, área de serviço, lavabos e em estruturas como baldrames. Em lajes e banheiras recomenda-se a utilização de mantas asfálticas ou membranas flexíveis, como o piche e outras soluções impermeabilizantes. Em casos de piscinas, decks e reservatórios recomenda-se o uso das mantas asfálticas. O uso de tinta anti-mofo também ajuda a evitar o aparecimento de mofo em parede e teto. Manter os ambientes ventilados evita o aparecimento de umidade em determinados casos.

 

ALIMENTAÇÃO
Marco Ortiz
Médico naturalista

Como cultivar temperos em casa?
A terra deve estar bem nutrida com bastante matéria orgânica já decomposta. A compostagem é ideal. Salsa, cebolinha, hortelã, coentro, manjericão, são exemplos de temperos que podem ser plantados em canteiros, vasos, soleiras em janela, facilitando o cultivo doméstico. Água uma vez ao dia, ventilação e claridade são essenciais para o desenvolvimento.

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS