buscar
por

Carnaval de Congo de Roda D’agua

O carnaval de congo da comunidade de Roda D’agua, em Cariacica, acontece todo ano durante o período das festas em homenagem à padroeira do Estado do Espírito Santo – Nossa Senhora da Penha.

Segundo a história, os moradores da comunidade rural, por não poderem se deslocar até o Convento da Penha, em Vila Velha (que segundo relatos era muito longe e de difícil acesso) optaram por promover os festejos na tradicional localidade de Cariacica (bem aos pés do Mochuara).

Uma tradição de mais de 100 anos, a festa de congo percorre, ainda hoje, as ruas de Roda D’agua entoando cantigas populares de devoção à Padroeira e é acompanhada por todos os moradores e visitantes.

Durante a procissão de apresentação das Bandas de Congo alguns moradores, fantasiados com máscaras, dão cores ao cortejo e animam a festividade.

Dentre esses foliões podemos destacar a figura folclórica do “João Bananeira” que, vestido com folhas de bananeira, tecidos e/ou chita, e tendo o rosto coberto por uma máscara ornamental, encanta os brincantes e participantes da congada.

O detalhe da brincadeira está em tentar adivinhar quem está por traz da máscara, o que só é revelado no final da festa.

Iaiá, você vai à Penha, me leva, ô me leva
Eu vou tomar capricho, meu bem, vou trabalhar
Eu tenho uma promessa a pagar
Essa promessa que eu tenho a pagar
É a Santa Padroeira, Ela vai me ajudar! Ô Iaiá!
(Toada de Congo)

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS