buscar
por

Bíblia, vida cristã e eleições

A celebração anual do mês da Bíblia completa 43 anos. O dia é 30 de setembro, dia São Jerônimo, o santo que traduziu a Bíblia escrita em hebraico e grego para o Latim no ano 400 d.C.

A “revolução” provocada por ele com a tradução da Bíblia apenas se repetiu no sec. XX quando o Concílio Vaticano II permitiu que os leigos tivessem acesso a ela e mais recentemente com a publicação digital que praticamente tornou o acesso à Bíblia irrestrito.

Mas, não basta o acesso à Bíblia. É importante que a Palavra de Deus se torne a alma de toda a vida e pastoral da Igreja e de cada cristão. Para isso o Papa Bento XVI escreveu a Exortação Apostólica “Verbum Domini” e recentemente o Papa Francisco a “Evangelli Guadium” ambas contendo motivações que incentivam os fiéis a caminharem fundamentando suas opções e história tendo como base os ensinamentos bíblicos e inspirados na história da Salvação.

Neste mês da Bíblia de 2014 vamos aprofundar o discipulado missionário a partir do Evangelho de São Mateus, tema que a Igreja na América Latina e Caribe vem buscando desde a Conferência de Aparecida. Evangelizar requer familiaridade com a Palavra de Deus e o primeiro passo é ser perseverante na leitura e meditação dos textos sagrados. Como estamos às vésperas de uma nova eleição é bom lembrarmos que a Bíblia nos indica o comportamento cristão em todas as dimensões da vida incluindo a política que, como bem disse o Papa Francisco a um estudante italiano, “Envolver-se na política é uma obrigação de todo cristão”. “O período eleitoral constitui-se em momento propício à participação dos cristãos, de quem se espera consciente atuação no processo decisório sobre aqueles que conduzirão o país”, acrescentou o Papa. Por isso, aos que participam da eleição como candidatos e aos que votam, deixem que a Palavra de Deus os ilumine. Não busquem interesses pessoais, mas o bem comum para que seu voto ou seu mandato seja uma manifestação da vontade de Deus para seu povo.

Dom Wladimir Lopes Dias

Bispo auxiliar da Arquidiocese de Vitória

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS