buscar
por

A vida que vale a pena ser vivida

Passeio
7 maravilhas de Castelo

O município de Castelo, localizado no sul do Estado, criou um roteiro com as suas sete maravilhas para incentivar o turismo e atrair visitantes. A escolha feita por meio de voto popular elencou a Cachoeira do Pedregulho, Casarão da Fazenda do Centro, Festa de Corpus Christi, Gruta do Limoeiro, Parque Estadual do Forno Grande, Igreja Matriz e Santuário de Aracuí. A equipe da Revista Vitória sugere a Gruta do Limoeiro e Casarão da Fazenda do Centro. Para maiores informações, acesse www.castelo.es.gov.br

 

Fotografia
#AMORES

A campanha #amorS2es é uma iniciativa da secretaria de Turismo estadual para divulgar as belezas, a paixão e o orgulho pelo Espírito Santo. No site amores.es.gov.br é possível inserir a marca da campanha na fotografia e compartilhar nas redes sociais. As hasthags usadas são #amorS2es para as publicações do facebook e #amores nas publicações do instagram.

 

Exposição
“Tudo o que não inventei é falso”

A exposição chamada “Tudo o que não inventei é falso, executada pelo artista visual Rick Rodrigues, tem o desenho como ponto de partida, buscando memórias de sua infância e mesclando com elementos da arquitetura cotidiana. A mostra segue até o dia 06 de agosto.

Local: Galeria Homero Massena
Rua Pedro Palácios, 99 – Cidade Alta
Vitória – Espírito Santo

 

Leitura
A vida que vale a pena ser vivida

Os autores Clóvis de Barros Filho e Arthur Meucci trazem no livro A vida que vale a pena ser vivida (Ed. Vozes, 2010) uma reflexão crítica sobre a vida. Os autores iniciam a obra fazendo uma advertência que não se trata de um livro com fórmulas prontas de como se deve viver. A intenção é fortalecer os leitores sobre a soberania para deliberar sobre a própria vida, mesmo com riscos.

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS