buscar
por

Quinta-feira Santa; Missa dos Santos Óleos

A Celebração Eucarística da Bênção dos Santos Óleos e renovação dos compromissos sacerdotais celebrada na manhã desta quinta-feira na Catedral Metropolitana de Vitória trouxe a todos, pela palavras do Arcebispo Metropolitano de Vitória, Dom Luiz Mancilha Vilela, a reflexão sobre a importância da missão pascal de cada um, sejam leigos (as) consagrados (as), religiosos (as), seminaristas, membros do clero, diáconos ou presbíteros.

Missão esta que se traduz na proposta de transformação através de quatro pontos fundamentais: a oração, o jejum e a caridade, atitudes do cristão na vivência da Quaresma em preparação à Páscoa, e, a superação da violência proposta da CNBB, Conferência Nacional dos Bispos do Brasil para a Quaresma deste ano. A estas atitudes acrescente-se também os questionamentos que todos devemos fazer para avaliarmos nossos próprios equívocos, pedindo perdão a Deus por nossas falhas.

Durante sua homilia, Dom Luiz falou sobre todos estes pontos, em especial sobre a superação da violência (proposta da CNBB) que assola todo o país e também o nosso estado.

“A superação da violência começa em nossa casa, nosso lar, nossa comunidade religiosa, em nosso presbitério. Este é o Evangelho de Jesus, o amor e o perdão. Isto é páscoa! Celebremos, pois, a Páscoa ó povo de Deus, Raça Santa, “realeza e sacerdotes para Deus””, disse.

Após a homilia, foi realizada a renovação dos compromissos sacerdotais, e em seguida, Dom Luiz e Dom Rubens Sevilha (nomeado bispo da Diocese de Bauru) abraçaram cada um dos presbíteros presentes. A celebração seguiu com a benção dos Santos Óleos, que serão utilizados durante todo o ano para ministrar o sacramento do Batismo, Crisma e da Unção dos Enfermos.

Logo após a comunhão, os Santos Óleos  foram entregues aos representantes de cada uma das 89 paróquias da Arquidiocese, com a recomendação do arcebispo para que tenham muito zelo e carinho ao guardá-los.

Antes da benção final, Dom Luiz informou a todos que Dom Rubens Sevilha foi nomeado bispo da Diocese de Bauru, invocando sobre ele as bênçãos de Nossa Senhora. Todos rezaram juntos uma Ave-Maria e Dom Sevilha recebeu uma grande salva de palmas. Em seguida, Pe. Renato Paganini comunicou que Pe. Jorge Campos, reitor do Seminário Nossa Senhora da Penha, foi nomeado Vigário Geral da Arquidiocese de Vitória e atuará na função juntamente com Pe. Ivo Amorim até a chegada do novo arcebispo da Arquidiocese.

Leia a homilia na íntegra.

Homilia_Quinta Feira Santa_2018 

 

COMENTÁRIOS