buscar
por

Presidente delegado do Sínodo para Amazônia, dom João Braz, já foi bispo auxiliar na Arquidiocese de Vitória

O Cardeal dom João Braz de Aviz, Prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica foi nomeado pelo Papa Francisco como Presidente Delegado do Sínodo para Amazônia. Dom João Braz, atuou como bispo auxiliar na Arquidiocese de Vitória no período em que Dom Silvestre Luiz Scandian era arcebispo.

Ele permaneceu na Arquidiocese como bispo auxiliar de 1994 a 1998 e também foi Secretário Executivo no 13° Congresso Eucarístico Nacional, realizado em Vitória no ano de 1996, Junto com Dom João Braz, também foram nomeados Presidentes delegados do Sínodo para a Amazônia os cardeais: dom Baltazar Enrique Porras Cardozo, Administrador Apostólico “sede vacante et ad nutum Sanctae Sedis” de Caracas, arcebispo de Mérida (Venezuela) e dom Pedro Ricardo Barreto Jimeno, arcebispo de Huancayo (Peru), Vice-presidente da Rede Eclesial Pan-amazônica (REPAM);

O Sínodo será realizado no Vaticano de 6 a 27 de outubro de 2019 e tem como tema Amazônia: novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral. O Sínodo para Amazônia é uma resposta do Papa Francisco à realidade da Pan-Amazônia. De acordo com Francisco, “o objetivo principal desta convocação é identificar novos caminhos para a evangelização daquela porção do Povo de Deus, especialmente dos indígenas, frequentemente esquecidos e sem perspectivas de um futuro sereno, também por causa da crise da Floresta Amazônica, pulmão de capital importância para nosso planeta.

COMENTÁRIOS