buscar
por

"Não é possível evangelizar o mundo, se não começarmos em nossa família", diz Dom Paulo Dalbó na Festa da Penha

Com uma acolhida animada e calorosa, a diocese de São Mateus celebrou na manhã deste sábado (02) no Campinho do Convento.

O bispo da diocese, Dom Paulo Dalbó presidiu pela primeira vez a missa durante a festa da Penha. Ele foi ordenado  bispo em dezembro do ano passado, após o Papa Francisco nomeá-lo para assumir a diocese de são Mateus. Ele saudou todos os romeiros e padres que saíram ainda durante a madrugada para celebrarem juntos na festa.

Em sua homilia ele afirmou que não é possível evangelizar o mundo, se não começarmos pela nossa casa, pela família. “A grande dificuldade da missão está naquele que está mais próximo de nós”, disse. E suplicou: “Que a liturgia de hoje aqueça o nosso coração e o torne mais próximo e mais amoroso a nossa fé, mesmo que pequena, seja ela honesta e verdadeira”.

Quem participa da festa da Penha traz consigo histórias de superação pela fé. Moacir Ramos teve um câncer no estômago, passou pelo tratamento e foi curado. Segundo ele, após a boa notícia, o médico disse-lhe que sem a fé dele, sem Deus, a cura não seria possível. “Foi um momento que eu me apeguei muito a Nossa Senhora e a Deus”. A cunhada dele Fátima que o acompanhava, completou: “Nossa família passou por muitas dificuldades relacionadas à doença, mas tenho certeza que somente se apegando à fé nós conseguimos continuar”, disse.

Ao fim da celebração, Dom Paulo rezou a ave Maria com todo o povo reunido e agradeceu ao frei Valdecir pelo trabalho realizado no Convento da Penha. Também cantou a música escrita por ele mesmo “a misericórdia na família”.

COMENTÁRIOS