buscar
por

Crianças, jovens e idosas fazem emocionante Romaria das Mulheres

A sensibilidade e espiritualidade das mulheres transformou mais uma vez a Romaria dedicada a elas em um percurso de muita emoção, vista em cada olhar com lágrimas, e fé. Com cantos e orações, as mulheres seguiram do Santuário de Vila Velha até o Parque da Prainha neste domingo (03). Jovens, crianças, idosas e pessoas com a mobilidade reduzida ou deficientes mostraram que a fé não tem limites e nem idade.

As histórias que levaram estas pessoas à peregrinação são também emocionantes. Cinara acompanha todos os anos a romaria com sua amiga Célia, que tem um problema degenerativo que compromete a coordenação motora. Mas isso não as desanima da caminhada. “Para mim é uma honra vir a essa romaria com ela, pois nós amamos Nossa Senhora. É sempre uma alegria e um sentimento diferente”.

FP2016_RomMul LB (3) (480x640)

Nesta romaria reencontramos Lílian e suas filhas Júlia e Liara, que no ano passado foram abençoadas por Dom Sevilha após a missa da Romaria das Mulheres (leia aqui). Como prometido, ela voltou a caminhar com suas filhas, vestidas de Nossa Senhora.

FP2016_RomMul LB (1) (640x480)

Ariadne foi com toda a sua família para a romaria em forma de agradecimento pela vida de sua filha Mariana. “Entreguei a vida dela desde o meu ventre a Nossa Senhora da Penha, pois tive uma gravidez de risco, minha placenta esteve descolada até os 6 meses de gestação e depois de consagrar a minha filha a Nossa Senhora tudo se resolveu, sem nem o médico saber explicar como. Desde o ano que ela nasceu ela veio pela primeira vez e nós viremos sempre. Hoje ela tem 5  anos, saudável, graças a Deus e a Nossa Senhora”.

FP2016_RomMul (4) (640x427)

As voluntárias também mostram toda a sua devoção, participando de todo o oitavário e apoiando também durante a romaria. Assim relatou Maria da Penha, uma das que desempenhou este papel: “tenho certeza que Nossa Senhora da Penha está intercedendo por nós, a gente pede e ela atende, tem um significado muito importante pra mim. O se colocar a serviço durante a Festa da Penha traz a cada dia uma emoção diferente, é uma mensagem que toca o nosso coração, e a lágrima, a emoção vem instantaneamente, assim como estou neste momento”.

FP2016_RomMul (3) (640x427)

Na chegada à Prainha a imagem de Nossa Senhora da Penha foi carregada pelas mulheres até o altar e, na frente, um grupo de meninas coreografaram uma homenagem a Virgem da Penha com a música ‘Como é grande o meu amor por você’, juntamente com três grávidas, em um gesto simbolizando a vida.

COMENTÁRIOS