buscar
por

A força feminina é destaque na missa da Romaria das Mulheres

A missa da Romaria das Mulheres começou com uma bela homenagem a Nossa Senhora da Penha. À frente da imagem, no meio do povo, seguiu um grupo de meninas vestidas de branco e com lenços rosas, azuis e brancos, que fez uma apresentação com a música ‘Como é grande o meu amor por você’. Junto com as jovens, três grávidas também prestaram a sua homenagem, simbolizando a vida.

A entrada da Palavra também teve seu momento especial, uma jovem fez coreografias com um coração, entregando-o a Dom Rubens Sevilha, bispo auxiliar da Arquidiocese de Vitória. Ele o abriu e dali de dentro, retirou o lecionário.

Durante o canto do Glória, o Parque da Prainha ficou tomado pelo colorido dos balões das romeiras. Dom Sevilha presidiu a missa e falou sobre a força feminina na sociedade, na Igreja e na família, sendo aplaudido pelos presentes. Além disso, ele pediu pelas mães e mulheres que sofrem de depressão. “Quando falta força, Deus sopra. Sopro é Espírito. Deus pegou o barro para fazer o homem e a mulher, ele sopra para lhes transmitir a vida. O sopro sai de dentro de Deus. O sopro sai das entranhas de Deus. Jesus ressuscitado quer soprar sobre nós hoje o sopro de Deus”.

Ao final da missa, as grávidas e as jovens voltaram a homenagear a padroeira do Estado, entregando-lhe rosas, com a música ‘O terço’.

COMENTÁRIOS