buscar
por

A Abertura da Festa deu destaque para os catequistas

O Oitavário da Festa da Penha mantém para este ano a preparação feita pelas Áreas Pastorais, mas incluiu valorizar segmentos leigos a cada dia para estimular a vivência do Ano do Laicato que a Igreja do Brasil celebra neste ano. Hoje foi a vez da Área Pastoral Vila Velha que trouxe os catequistas e sua missão na vida da Igreja.

Foram eles, os catequistas que fizeram um corredor para a entrada da Palavra de Deus e passaram o Livro Sagrado de mão em mão até chegar ao local da celebração. e, foram eles, os catequistas, a motivação para a homilia proferida pelo Arcebispo de Vitória, Dom Luiz Mancilha Vilela, que presidiu a missa de abertura.

IMG_9920

Com carinho logo no início da cerimônia Dom Luiz pediu um aplauso para os catequistas e ao falar das alegrias de Nossa Senhora perguntou aos catequistas se, como o Apóstolo João, também receberam Nossa Senhora em suas casas e nas suas famílias. O público respondeu que sim e o Arcebispo confirmou que Ela nos ensina o caminho para chegar ao céu. Dom Luiz lembrou as sete alegrias de Nossa Senhora: o anúncio do anjo, a visita a Santa Isabel, o nascimento de Jesus, a visita dos Reis Magos, as Bodas de Caná, a Ressurreição e a Assunção. Em todas elas, Maria nos aponta Jesus, disse Dom Luiz, que terminou a homilia dizendo: “o devoto de Nossa Senhora deixa-se guiar pelo Espírito Santo. Queridos catequistas esperamos de vocês que sejam como Nossa Senhora, catequizada e catequista. Que Maria abençoe cada catequista” e convidou todos a cantar com as mãos erguidas, ‘o povo te chama de Nossa Senhora’.

Na entrada da imagem de Nossa Senhora da Penha no início do Oitavário foi acompanhada de um grupo de crianças, vestidas de anjos, e representações dos agricultores e do frei Pedro Palácios, frade franciscano que introduziu a devoção à Senhora das Alegrias.

Amanhã, segunda-feira, 2 de abril o oitavário começa às 14h30 e será preparado pelos freis franciscanos e a missa pela Área Pastoral Serrana.

COMENTÁRIOS