buscar
por

25 anos atualizando o legado de manter a esperança e a fé da comunidade

Flores oferecidas pela paróquia Nossa Senhora da Vitória e estola oferecida pelos presbíteros foram os sinais entregues aos padres que comemoram hoje, 22 de fevereiro, 25 anos de ordenação sacerdotal e ao Arcebispo, Dom Luiz Mancilha Vilela que também comemorou 31 anos de ordenação episcopal, na missa que aconteceu às 19h na catedral de Vitória.

Uma missa solene para agradecer a doação destes sacerdotes e do Arcebispo ao serviço da evangelização.

Logo no início da cerimônia, Dom Luiz Mancilha lembrou e rezou pelo Arcebispo emérito, Dom Silvestre Luiz Scandian que foi aplaudido pela assembleia. Na homilia pe. Ivo Amorim agradeceu pelo ministério dos padres e bispos e lembrou que a missão destes e de todos os presbíteros deve seguir o legado de São Pedro que é transmitir ao mundo quem é Jesus e manter de pé a esperança e a fé da comunidade.

Pe. Robson Pratti em nome dos presbíteros da Arquidiocese também agradeceu pela missão de todos e entregou as estolas. Pe. Paulo Régis, em nome de pe. Pedro Camilo pe. Solon agradeceu a Deus, aos pais e à Igreja que os acolheu, assim como a todas as paróquias por onde passaram e, aos agentes de evangelização disse, “obrigada aos agentes de evangelização que somaram conosco, pois fizeram com que nossas limitações não aparecessem tanto”.

A celebração terminou com a entrega de flores ao Arcebispos e padres jubilandos e os cumprimentos da assembleia.

COMENTÁRIOS