buscar

O CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO DA ARQUIDIOCESE DE VITÓRIA DO ESPÍRITO SANTO

Nossos arquivos estão cheios da providência de Deus
João Paulo II

Criado em 2005 e funcionando em uma área de 300 mt2, sendo que especificamente para a guarda de documentos há um espaço de mais de 146 mt2, o Centro de Documentação da Arquidiocese nos últimos anos, vem trabalhando no sentido de receber, tratar, organizar e disseminar as informações contidas nos documentos históricos da Igreja do Espírito Santo.

São mais de 10 mil cartas e documentos pessoais dos primeiros Bispos do Estado, atas e documentos das Irmandades, Associações Religiosas, Pastorais, Paróquias, Movimentos e Instituições Eclesiásticas. Há também importante e valioso acervo iconográfico composto por mais de 12 mil fotografias e imagens que ilustram a vida religiosa, política e social do povo capixaba. Todos os documentos encontrados nas dependências da Cúria Metropolitana, mais precisamente na antiga sala que os abrigava, foram transferidos para o CEDOC desde sua inauguração.

O patrimônio documental da Igreja de Vitória também é composto por livros manuscritos que dividimos em cartoriais – de assentamentos de batismo, casamentos, óbitos e crismas das paróquias, relativos ao período de 1821 a 2002, um total de 938 exemplares; e administrativos – de tombos, caixa, registros de irmandades, provisões, protocolos, atas e legislações eclesiásticas, num total de 255 livros.

Os livros cartoriais permitem que pesquisadores e diversas pessoas possam conhecer a história das famílias e solicitar certidões de batismo, casamento, óbito e crisma para as mais diversas finalidades. Assim como consultando os livros administrativos é possível conhecer a história de um lugar, paróquia, cidade, município ou povoado e os vestígios das pessoas que por lá passaram ou viveram.

Todos os documentos guardados no Cedoc estão disponíveis para consulta. Os documentos já digitalizados podem ser pesquisados através de computador disponibilizado para tal serviço. Quanto aos outros documentos que ainda não passaram pelo tratamento digital, também será permitida a consulta, dependendo da condição física dos mesmos, como forma de protegê-lo e preservar a memória da Arquidiocese de Vitória. Da mesma forma as fotografias e imagens pertencentes ao acervo da Arquidiocese poderão ser consultadas e com expressa autorização do Bispo ou do seu representante, copiadas.

Os arquivos da Arquidiocese de Vitória, com sua organização, ajuda-nos a reconhecer a necessidade de construirmos um futuro tendo um conhecimento crítico do passado. Os arquivos são depositários da memória e é impossível negar sua importante contribuição na construção da identidade do povo capixaba.

O Cedoc fica aberto ao público em geral de segunda a sexta-feira das 8 as 11h30 e das 13 as 17h00.

‣ Catálogo de Livros

› Conselhos que a gente quer

‣ Fotos históricas por período