buscar
por

Visite o Projeto Tamar

O Projeto Tamar é um daqueles lugares que quando a gente chega, não tem vontade de ir embora. A gente se encanta não somente com as personagens principais, as tartarugas, mas com todo o conhecimento sobre a vida marinha que é possível adquirir durante o passeio, e com as belas paisagens de Vitória que se pode desfrutar em vários pontos do local.

As trilhas que circulam o projeto levam os visitantes a painéis com informações, a um fóssil de uma tartaruga gigante, a um mirante, localizado no ponto mais alto do projeto, e a pedras, nas quais os mais aventureiros podem subir para tirar fotos e apreciar a paisagem. No trajeto é possível se ter uma vista privilegiada da Terceira Ponte, Convento da Penha, Enseada do Suá, Jesus de Nazareth, Penedo. Dá até para ver, bem de longe, a Pedra dos Dois Olhos.

Terminando o trajeto da trilha se chega a um parquinho, onde as crianças podem brincar, aproveitar a sombra das árvores e as mesas de madeira para fazer piqueniques. Bem pertinho tem um ponto de venda de água, sucos e lanches.

Em um dos tanques, logo após a entrada do projeto, os visitantes encontram alguns exemplares de espécies que vivem no mar. Tem ouriço, caranguejos, lagostas, baiacu, anêmona, e um peixe comprido que parece uma cobra. O mais bacana é que eles ficam todos juntos no tanque, vivendo em plena harmonia.

Bem, os monitores são muito simpáticos e solícitos e vão logo nos contanto sobre como as tartarugas chegam às praias para desovar. Eles explicam que quando elas nascem, fazem o caminho da areia até o mar e nesse trajeto já memorizam o local e por isso é muito importante deixar que elas sigam sozinhas para o mar depois que saem dos ovos. Quando adultas, as fêmeas voltam até a mesma praia onde nasceram para cavar um buraco de aproximadamente um metro de profundidade e colocar os ovos, 120 em média.

Mas, o mais legal do passeio é entrar no túnel debaixo do tanque das tartarugas e vê-las através dos vidros, nadando pertinho da gente. Exibidas, as tartarugas se aproximam como se quisessem dizer olá para as crianças, que eufóricas vibram com elas. No tanque, além das janelas, também tem uma “bolha” na qual o visitante pode entrar parcialmente e ver as tartarugas passando por cima de suas cabeças.

No Projeto Tamar, os visitantes vão conhecer três espécies de tartarugas: a pente, a cabeçuda e a verde. Mas no Brasil também tem as espécies oliva e gigante. Quando estão no mar, elas se alimentam principalmente de águas-vivas, mas também podem comer pequenos peixes, camarões e medusas.

Durante os finais de semana e feriados, por volta das 11 horas, as crianças que visitam o projeto podem, auxiliadas pelos monitores, alimentar as tartarugas do tanque principal. O horário de funcionamento do Projeto Tamar é de 8h30 às 17 horas, de terça a domingo, inclusive nos feriados. O local só não abre às segundas-feiras. Ficou com vontade de conhecer? O Projeto Tamar fica localizado na avenida Nossa Senhora dos Navegantes, na Enseada do Suá. Quem for vai adorar!

DSC_0157

Andressa Mian
Jornalista

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS