buscar
por

Uma vida pascal

Durante toda a minha vida sacerdotal e episcopal tenho escrito e falado sobre o mistério da páscoa. Infelizmente, nem todos os cristãos sabem que fomos mergulhados no mistério da paixão, morte e ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo quando fomos batizados, elevados à dignidade de filhos e filhas de Deus. Falamos muito dessa verdade teológica, mas não nos fizemos compreender. Muitos cristãos ignoram essa verdade e, consequentemente, nem se preocupam com isso. Contudo, trata-se de uma verdade essencial à nossa vida de discípulos e discípulas de Jesus Cristo. Para entendermos que Jesus se revelou para nós como Caminho, Verdade e Vida é, sumamente, necessário que nos entendamos inseridos nesse mistério da fé.
Ao recebermos o Batismo nós realizamos a Páscoa, isto é, a passagem de uma situação pagã, distante do Senhor nosso Deus e impossibilitados de sermos felizes eternamente, para uma Vida absolutamente nova, como nos ensina o Apóstolo Paulo: “fomos mergulhados na Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo”! (Rm 6,4). Isto significa que este “mergulho” nos lavou de todo o mal e, nos introduziu numa maneira nova de ser, em Comunhão com Deus Criador e Redentor pelo Espírito que nos foi derramado. Já não existe o abismo intransponível que existia quando éramos pagãos.

Agora, criaturas novas, renovadas pelo Espírito de Deus, somos convocados a seguir os passos de Jesus, o Cristo de Deus, até o momento de passarmos definitivamente para a eternidade feliz. Na história de cada dia vamos vivendo a páscoa, isto é, saindo de nós mesmos e aprendendo a amar a Deus sobre todas as coisas e, possuídos pelo Deus-Amor, o expressamos em nossas relações humanas e em nossa harmonia com todas as criaturas. O Cristão é um homem-Cristo! Uma pessoa pascal, que caminha nos passos de Jesus aprendendo dele como viver totalmente para Deus e, por isso mesmo, totalmente voltados para o próximo! Ele é portador da paz que recebe de Deus e do Amor que recebe de Deus na sua caminhada diária. Um ser pascal, desde o seu batismo até ao momento da passagem para o céu, eternidade feliz na Comunhão com a Santíssima Trindade.

Na Páscoa que vamos celebrar nos reforçamos fazendo memória do Grande Evento acontecido há mais de dois mil anos quando o Verbo de Deus se fez carne e habitou entre nós.
Esse Verbo é Jesus de Nazaré, o Cristo de Deus, a Palavra do Pai Misericordioso que criou o universo e que foi enviada, pelo mesmo Pai Misericordioso, a fim de reconciliar o mundo consigo, e fazer uma Aliança Nova e Eterna entre o Pai e a Nova Humanidade!

Ao desejar-lhe feliz Páscoa, caro irmão(ã), é nesse sentido: páscoa de todos os dias de sua vida! Cada momento, cada dia, cada semana, cada ano, um crescimento contínuo na amizade com Deus, expresso na amizade com o seu próximo, pois esta é a sua estrada para o céu! Uma Vida Pascal!

Dom Luiz Mancilha Vilela, ss.cc.
Arcebispo Metropolitano de Vitória

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS