buscar
por

Terça é dia de chorinho

Se você está entre os que dizem “terça não é dia de rock”, você está certo, terça-feira é dia de chorinho.

IMG_6057-2Música é bom para relaxar, suscitar bons sentimentos, provocar alegria e bem-estar e quando se trata de chorinho essa mistura é uma receita perfeita que promove diálogos, novos relacionamentos e alimenta amizades.

Acontece toda a terça-feira à noite no Bar do João, mas às vezes pode ser na segunda ou na quinta porque todo o artista tem seu ritmo próprio.

A vizinhança do bar já aprovou e tem pai trazendo criança para ‘curtir’ o som, como Higor Ferraço que carrega o filho Dante, estreante no pandeiro. Os clientes não perdem o ritmo. E os artistas presenteiam com sons de cordas, gaitas, pandeiros e instrumentos de percussão que embalam a noite e tornam Jardim da Penha mais humano e mais fraterno com esta partilha alegre.

No dia que visitamos teve Sons de Carrilhões; Vou Vivendo; A Vida é um Buraco; Abraçando a Vida, entre outros, mas o repertório é grande e diversificado.

Minha sugestão deste mês é essa: passar no Bar do João na terça-feira a partir de 19h30 e deixar-se embalar com o chorinho. Além disso tudo tem a simpatia da Patrícia que atende as mesas, a cordialidade do João que acolhe a todos e as delícias da cozinha: torresmo, rabada, fígado, maxixe, jiló, batatinha, feijoada e bolinhos de carne.

A roda de choro é por conta de Sebastião Matos, Syllas, Paulo Prot, Higor Ferraço, José Antônio, Plínio, Bruna, Dora Dalvi e Rodrigo Rosas.

Vai lá! O bar do João fica na rua do Canal (Rua Saturnino Rangel Mauro, 1215, Jardim da Penha – Vitória).

Maria da Luz Fernandes

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS