buscar
por

Sugestões de Vitor César Zille Noronha

LIVRO
sugestões_livro“Brasil: Nunca Mais”
O Projeto “Brasil: Nunca Mais” foi desenvolvido por Dom Paulo Evaristo Arns (então Arcebispo de São Paulo), Rabino Henry Sobel, Pastor presbiteriano Jaime Wright e equipe que o realizou entre 1979 e 1985, período final da ditadura civil-militar no Brasil. Além de ter sido o primeiro livro de fôlego que denunciou as mazelas da ditadura militar no Brasil, o fez não a partir dos relatos dos atingidos ou das entidades de direitos humanos, mas a partir de documentos oficiais copiados clandestinamente de processos do Superior Tribunal Militar. É certo que estamos num momento muito conturbado da história nacional, em que a própria democracia é questionada, por isso é importante resgatar este livro enquanto um antídoto importante para nunca aceitarmos nenhum retrocesso autoritário. Enfim, há uma riquíssima fundamentação documental e fática que nos faz mergulhar em todas as mazelas da ditadura e nos empulsiona cada vez mais a defender a democracia que surja de baixo, sirva à todos, em especial aos últimos. Infelizmente, a tortura institucional ainda ocorre, mas, continuemos lutando por “Tortura: Nunca Mais”!

FILME
sugestões_minisserieMinissérie “Pode me chamar de Francisco”
Muitos de nós estamos encantados e profundamente envolvidos com as palavras e principalmente com o testemunho do Papa Francisco. Se muitos de nós conhecemos sua trajetória posterior à eleição ao papado, a minissérie da Netflix retrata justamente o momento que nos é desconhecido: desde o período anterior à sua entrada no Seminário até sua eleição papal. Percebemos que sua humildade, sua claríssima opção pelos pobres, seu papel profético contra as injustiças sociais, seu jeito de ser Igreja tão encarnado na realidade latino-americana não surge no papado, mas é formado bem antes. É formado em uma caminhada. Seja na solidariedade aos perseguidos pela ditadura militar argentina, seja na vontade de ser missionário no Japão, seja na solidariedade aos sem-teto, seja nas favelas, seja na denúncia dos desmandos dos poderosos, seja na incessável tentativa de uma renovação evangélica de todas as estruturas da Igreja ou seja na sua antiga devoção a Nossa Senhora Desatadora dos Nós, reconhecemos a ternura que é para nós e para o mundo inteiro sinal de esperança. É um documentário imprescindível para compreendermos não somente o atual sucessor de Pedro, mas o maior líder mundial da atualidade.

Vitor César Zille Noronha
Seminarista da Arquidiocese de Vitória e membro da CJP 

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS