buscar
por

Quadro do Papa João XXIII

patrimônioA pintura do Papa João XXIII, um patrimônio histórico da Arquidiocese de Vitória, que pertence ao acervo do museu do Convento São Francisco, localizado na Cidade Alta, em Vitória, foi pintado pelo escultor, pintor e professor ítalo-brasileiro Carlo Crepaz.

Trata-se de uma pintura em óleo sobre madeira, uma das poucas pinturas do artista, que tinha na escultura sua maior manifestação artística.

A obra, segundo o pároco do Santuário de Santo Antônio, Roberto Camillato, foi pintada por ocasião de uma manifestação religiosa, realizada pelas paróquias de Vitória para celebrar a criação da Arquidiocese de Vitória, ocorrida em 1958, e que originou as Diocesesde São Mateus e Cachoeiro de Itapemirim.

A comemoração, no entanto, aconteceu no ano seguinte com um desfile na praça da Catedral Metropolitana de Vitória, na qual as paróquias levaram para o local estandartes, símbolos e bandeiras que representavam suas associações e irmandades.

Além dos fiéis, o desfile foi presenciado pelo então Arcebispo de Vitória, Dom João Batista da Mota e Albuquerque, pelo Núncio Apostólico, Dom Armando Lombardi e pelo bispo de Cachoeiro de Itapemirim, Dom Luiz Gonzaga Peluso.

A Paróquia de Santo Antônio levou para o evento, em cima de um carro alegórico, a pintura do Papa João XXIII, eleito papa em outubro de 1958.

O quadro foi pintado por Crepaz, especialmente para o desfile, a pedido dos religiosos da Congregação dos Pavonianos, que quiseram prestar uma homenagem ao Papa eleito.
A pintura foi doada pelos Pavonianos à Arquidiocese de Vitória logo após a comemoração.

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS