buscar
por

Pensamentos de Gabriel Garcia Marquez

“Descobri que não sou disciplinado por virtude, mas como reação contra a minha negligência; que pareço generoso para encobrir a minha mesquinhez, que passo por prudente por ser pessimista, que sou conciliador para não sucumbir às minhas cóleras reprimidas, que só sou pontual para que não se saiba que pouco me importa o tempo alheio.”

“Ele ainda era demasiado jovem para saber que a memória do coração elimina as coisas más e amplia as coisas boas, e que graças a esse artifício conseguimos suportar o peso do passado.” – O amor nos tempos de cólera.”

“Ninguém merece as tuas lágrimas, mas quem as merecer não vai fazer você chorar”.

“Um único minuto de reconciliação vale mais do que toda uma vida de amizade.” – Cem anos de solidão.”

“Nenhuma medicina cura o que a felicidade não pode curar.”

“Ora, o jornalismo é uma arma muito mais rápida que a literatura. Creio que é uma arma tão poderosa quanto a literatura, sob o ponto de vista político. Os tempos é que são diferentes: o jornalismo é uma arma de emergência, para batalhas a curto prazo, enquanto a literatura é uma arma mais lenta, embora muito eficaz. “ – entrevista concedida à Revista Veja, em 24 de setembro de 2003.

“Meu ofício não é publicar, mas escrever. A única coisa certa é que não faço outra coisa senão escrever”. – em entrevista ao jornal Colombiano El Tiempo, em 2009.

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS