buscar
por

Menina com paralisia ajuda a salvar irmãozinho

Estudantes juntam dinheiro para presentear faxineiro com viagem de férias
extra agosto 05Por toda positividade que espalha no campus, Herman Gordon, um faxineiro da Universidade de Bristol, no Reino Unido, ganhou uma viagem para visitar a família na Jamaica.
Estudantes fizeram uma vaquinha com a intenção de ajuda-lo e a sua mulher a visitar a família no país de origem deles. O presente veio acompanhado de uma nota assinada pelos “Estudantes de Bristol”, agradecendo pela “energia positiva” dele .

Gols para a caridade
O craque da seleção campeã da Copa do Mundo 2018, Kylian Mbappé, vem marcando gols dentro e fora de campo. O jovem, de apenas 19 anos, anunciou que vai doar seu salário após cada jogo internacional. O jovem jogador acredita que não deveria ser pago para representar seu país e o dinheiro doado por ele vai para uma instituição de caridade que organiza atividades esportivas para crianças com deficiências.

Ajudar os outros é que te faz feliz
O ator Will Smith tem tudo o que ele sempre quis, mas revelou que encontra a verdadeira felicidade ajudando os outros. Aos 48 anos, junto com sua esposa, Jada Pinkett Smith, fundou a Will e a Jada Smith Family Foundation para beneficiar o desenvolvimento de comunidades urbanas, projetos educacionais para jovens e crianças carentes e suas famílias. “Eu quero fazer o bem. Eu quero que o mundo seja melhor porque eu estou aqui”, disse Smith.

Menina com paralisia ajuda a salvar irmãozinho
extra agosto 04Uma menina de apenas 9 anos, com paralisia cerebral se tornou uma heroína. Lexie Comeau-Drisdelle, de Dartmouth, Nova Escócia, que não anda e não fala, se fez ouvir quando viu seu irmãozinho de apenas um ano em perigo. Leeland, como é chamado, caminhou sozinho até a piscina e pulou, Lexie gritou como nunca antes e alarmou todos em sua casa, que rapidamente conseguiram socorrer seu irmão.
“Você não precisa andar, falar e ter todos os seus sentidos. Você pode se fazer ouvir, e você ainda pode ajudar. E sim, ela salvou a vida dele”, disse a avó de Lexie, Nancy Comeau-Drisdelle.

Programa adotado na Holanda reduziu o bullying pela metade
O bullying é um problema global, mas a Holanda vem mostrando que com o direcionamento certo, pode ser praticamente solucionado. Nas escolas primárias, as crianças são ensinadas desde os 4 anos a fazerem um sinal de “pare” com as mãos quando não gostam de uma situação ou quando acham que algum colega ultrapassou algum limite e são estimuladas a logo conversar com um adulto sobre a situação. Além disso, mudanças na legislação e a orientação sobre como lidar com conflito desde a primeira infância são dois dos fatores que levaram a Holanda a ter um alto índice de crianças que consideram seus colegas de escola “legais”.
“Aqui ninguém implica com ninguém. A gente respeita as diferenças e até rimos delas. Acho que isso é reflexo da educação que recebemos nas escolas e em casa desde muito cedo”, diz Faye, de 14 anos, aluna de uma escola secundária em Amsterdã.

Médico faz posto de saúde para atender crianças carentes
extra agosto 03Prova de amor à profissão e ao próximo. O médico Jaime Andrade fez o posto de saúde na comunidade de Moitas, no Ceará, para atender crianças e adultos carentes que tinham que viajar, sempre que precisavam de atendimento médico.
Em um ano, o projeto Aprendendo a Pescar, como foi batizado pelo médico, beneficiou cerca de 3.200 crianças. Jaime, que é pediatra, atende às crianças e pais inclusive em seus dias de folga, quando o posto estava fechado, prova de que o projeto é mais do que um trabalho como outro qualquer.

Professoras em situação de rua ensinam inglês em plataforma online
Uma plataforma brasileira, o Soulphia, é um projeto social que combina aulas de inglês com empoderamento de mulheres em situação de risco.
Os criadores da plataforma tiveram a percepção de que as mulheres em situação de rua, ou em abrigos, estavam menos relacionadas com drogas ou qualquer tipo de vício e muito mais com limitações, como por questões raciais ou por conta de histórias de abusos. E então tiveram a iniciativa de oportunizá-las a trabalhar com a habilidade natural de falar inglês, treiná-las e inseri-las em uma plataforma digital e dar início às aulas virtuais com alunos de todo o mundo.

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS