buscar
por

Igreja Nossa Senhora de Belém

A igreja de Nossa Senhora de Belém localizada na comunidade de Jucu em Viana foi construída, em 1780, nos limites da fazenda de cana de açúcar do Padre Torquato Martins de Araujo, numa região onde séculos antes os jesuítas haviam estabelecido a grande fazenda de Araçatiba.

Exemplar da prosperidade de um período colonial brasileiro, a fazenda e, consecutivamente a igreja, possuíam uma grandiosidade que demonstravam a importância da região e de seus agricultores para a época.

Quando o bispo do Rio de Janeiro, Dom José Caetano da Silva Coutinho, visitou o Espírito Santo, em 1819, se hospedou na casa (anexa à Igreja) e de lá assinou o decreto que estabeleceu os limites do Curato de Viana.

Bispo Coutinho nos relata sua impressão: “fazenda do boníssimo Joaquim José Fernandes, senhor dos oito músicos que têm me acompanhado constantemente… depois do jantar fomos à Capela, que tem lindas imagens”.

Atualmente seu aspecto de ruína, causado por um incêndio no final do século XIX, atrai noivos e famílias à edificação, tornando-se um atrativo turístico do município de Viana.

patrimonio_1A igreja de Belém pode ser vista às margens da rodovia BR 101, nas imediações de Xurí, Jucu e Araçatiba. E, suas ruínas, avistadas de cima da ponte sobre o Rio Jucu, têm livre acesso aos visitantes que desejam conhecê-la.

Diovani Favoreto
Historiadora 

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS