buscar
por

Comunicação e trabalhos pastorais

Por Marcus Tullius

Nesta edição, vamos conhecer congregações que vivem da Providência, anúncio do Evangelho, comunicação e trabalhos pastorais presentes na Arquidiocese de Vitória. “Sede mulheres e homens de comunhão, marcai presença com coragem onde há disparidades e tensões, e sede sinal credível da presença do Espírito que infunde nos corações a paixão por todos serem um só (Jo 17, 21). Vivei a mística do encontro: a capacidade de ouvir atentamente as outras pessoas (…)”
(Papa Francisco, Carta Apostólica para Proclamação do Ano da Vida Consagrada).

Filhos da Divina Providência
Orionitas

Conhecidos popularmente por Orionitas, uma alusão ao fundador São Luís Orione, a Congregação dos Filhos da Divina Providência exerce os seus trabalhos no campo da caridade e ação pastoral evangelizadora. A fundação foi em 1954. A comunidade religiosa é composta por 03 padres e está localizada na Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes, Barra do Jucu, Vila Velha, sendo um de seus membros o pároco neste local.

Pastorinhas
Pastorinhas

Pertenceram à Família Paulina e foram fundadas pelo Beato Tiago Alberione, no ano de 1938. As Irmãs Pastorinhas dedicam-se à colaboração nas dioceses e paróquias, a exemplo de Cristo Bom Pastor, para a edificação do povo de Deus. Ajudam na formação pastoral, catequese, liturgia, formação bíblica e diversos trabalhos. A casa religiosa está localizada na Paróquia São José, Maruípe, Vitória.

Verbitas
Verbitas

No ano de 1875, Santo Arnaldo Janssen funda, na Holanda, uma congregação com missão centrada no Verbo Divino para promover a vida humana. Vinte anos mais tarde, em 1895, os verbitas chegaram ao Brasil, para prestar assistência religiosa aos colonos alemães radicados no Espírito Santo. As comunidades religiosas estão concentradas na Área Serrana de nossa Arquidiocese e trabalham nas paróquias de Santa Leopoldina, Santa Isabel, Marechal Floriano e Pedra Azul.

Paulinas
Paulinas

Há 100 anos, Pe. Tiago Alberione e Ir. Tecla Merlo deram início a uma congregação com o carisma de evangelizar nos meios de comunicação. Assim surgiram as Filhas de São Paulo ou, simplesmente, Irmãs Paulinas. A figura do Apóstolo Paulo é a grande inspiração para os trabalhos, daí a origem do nome. Três irmãs compõem a comunidade na cidade de Vitória, colaborando em atividades pastorais e formações, além da livraria.

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS