buscar
por

Como envelhecer e chegar bem à terceira idade

As intervenções médico-sanitárias do Estado Brasileiro, iniciadas no século XX, para promover a higiene pública, a introdução das vacinas, a descoberta da penicilina e a melhoria das tecnologias em saúde estão entre os fatores determinantes para a redução das mortes prematuras que impediam o envelhecimento da população. Até o século XX as pessoas tinham pouca esperança de vida ao nascer. Em 1900 a expectativa era de que se vivesse em média 33 anos e hoje a expectativa de vida no país é de 75 anos, mostrando que estamos vivendo mais. No entanto, o processo de envelhecimento é diferente para cada indivíduo e a pergunta mais comum em nossos consultórios é: Como envelhecer bem?

O envelhecimento pode ser pensado a partir das idades cronológica e biológica. A primeira é aquela indicada pela certidão de nascimento, não pode ser alterada por métodos mentais e corporais e é menos relevante em termos de como alguém se sente ou funciona. A segunda, a idade biológica, mede a qualidade do funcionamento dos sistemas fisiológicos. Trata-se do componente mais importante do processo de envelhecimento e é calculada utilizando marcadores biológicos ou biomarcadores, tais como: pressão sanguínea, quantidade de gordura corporal, acuidade auditiva e visual, funções imunológicas, densidade óssea, níveis de colesterol, capacidade aeróbica etc.

A manutenção do funcionamento dos sistemas fisiológicos e consequente níveis aceitáveis daqueles marcadores depende, além de fatores ambientais, das características genéticas e comportamentais.

Arujá-vacina-3

No entanto, sabe-se que grande parte das alterações biológicas, que se iniciam em torno dos 35 anos, podem ser retardadas ou controladas por meio de mudanças comportamentais. Assim, do ponto de vista individual a adoção de estilos de vida saudáveis ao longo da vida é fundamental para a manutenção da funcionalidade e autonomia que caracterizam o envelhecimento bem sucedido. Portanto, para retardarmos a idade biológica são fundamentais: exercícios físicos; alimentação equilibrada; monitoramento da saúde; vacinações; espiritualidade; evitar álcool e fumo; gerenciamento das finanças etc.

No imaginário social envelhecer remete a perda, porém, envelhecer com qualidade de vida, significa melhorar e acrescentar vida aos anos vividos. Fundamental se torna uma conscientização cada vez maior sobre os conceitos de envelhecimento a fim de que esse momento da vida seja valorizado, eliminando-se os preconceitos existentes, principalmente as ideias de perda, decrepitude e dependência.

salada

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS