buscar
por

Alunos japoneses cuidam da limpeza de escolas

Alunos japoneses cuidam da limpeza de escolas
fazer bem_educaçãoNas escolas japonesas, os próprios estudantes são responsáveis pela limpeza das salas de aulas, corredores, lanchonetes e banheiros. O sistema educacional japonês acredita que exigir que os alunos cuidem da limpeza da escola os ensinará a trabalhar em equipe e a ajudar-se mutuamente. Além disso, o tempo e esforço gastos na tarefa de limpeza faz com que as crianças respeitem o próprio trabalho e o trabalho dos outros.

Holanda vai fechar mais 5 cadeias
Depois de fechar 19 prisões em 2013, a Holanda deve encerrar as atividades de mais 5 cadeias até o fim do ano. Lá, ao contrário do Brasil, as taxas de crimes estão cada vez mais baixas. O governo diz que, financeiramente, não vale a pena manter instalações tão grandes desocupadas. Estudos mostram que o motivo das taxas de criminalidade em declínio são investimentos do governo em programas de reabilitação. Os trabalhadores das cadeias, não serão demitidos. Eles serão transferidos para outros cargos em departamentos que cuidam da lei holandesa.

Cidade no Canadá doa casas a todos sem-teto
fazer bem_casa canadáUma pequena cidade do Canadá resolveu um problema que parece crônico nas grandes cidades; erradicou os moradores de rua da melhor forma possível, sem interná-los, ou mandá-los para outras cidades.Em 2009, a prefeitura de Medicine Hat anunciou que doaria uma casa para cada desabrigado. O mais curioso é que a cidade não exigiu nada das pessoas, nenhuma contrapartida. Muita gente duvidou na época, mas seis anos depois, a prefeitura disse que cumpriu a meta.

O sistema de saúde francês é considerado um dos melhores do mundo
A Sécurité Sociale, em francês, é um seguro de saúde francês que compõe o sistema social mais completo do mundo e é oferecido a cidadãos ou residentes do país. Na prática, representa um programa de seguro público compulsório, que remunera tanto médicos particulares pela assistência, quanto exerce relativo controle sobre o valor de consultas e procedimentos. Ainda que ocorressem desigualdades de acesso entre as diferentes categorias sociais e as diversas regiões do país, o sistema de saúde francês se manteve nas primeiras posições nos indicadores de satisfação de clientela entre os países europeus desenvolvidos.

Mercado tira produtos importados da prateleira e dá lição contra xenofobia
fazer bem_xenofobiaPara fazer a população refletir sobre como seria nossa vida sem os produtos importados e sem o trabalho dos estrangeiros, um supermercado alemão deu uma lição contra a xenofobia, aversão a pessoas ou coisas estrangeiras. Durante um dia inteiro a loja Edeka, em Hamburgo, tirou todos os produtos importados da prateleira e vendeu apenas o que é fabricado no país, para surpresa dos clientes. No lugar dos produtos estrangeiros, estavam mensagens como “Esta prateleira é muito chata sem diversidade”, “Nossa variedade agora conhece fronteiras”, “Esse é o vazio que fica em uma prateleira sem estrangeiros” e “Seremos mais pobres sem diversidade”.

Canadá virou superpotência em educação
O Canadá está entre os dez melhores países do mundo em educação. Andreas Schleicher, diretor de educação, afirma que a união dos diversos sistemas educacionais do país é a igualdade de acesso e equilíbrio. Isso torna o Canadá um dos poucos países em que crianças imigrantes atingem um patamar similar aos das não-imigrantes, três anos depois de chegar ao país. Outra característica é que os professores são muito bem pagos em comparação com os padrões internacionais – e o ingresso na profissão é altamente seletivo.

editor1

Arquidiocese

Fundada em 1958 e abrangendo 15 municípios do Estado do Espírito Santo conta com 73 paróquias. Desde 2004 D. Luiz Mancilha Vilela é o arcebispo da arquidiocese.

Mais posts do autor

COMENTÁRIOS