buscar
por

Ter mãe é tão bom que até Deus quis

Perdi minha mãe faz pouco tempo. Meus Deus, nunca pensei que ia doer tanto assim. Não vim aqui para reclamar. Pelo contrário, só tenho a agradecer. Obrigado por ter me doado essa grande mulher que sempre ficou ao meu lado e cuidou de mim com muito carinho. Foi o maior presente que Tu me deste. Ser-te-ei sempre grato.

Mas, com a devida licença, desejo dar-te um palpite: se inventar de criar o mundo outra vez e de dar vida a uma nova humanidade, não esquece de criar uma mãe eterna com um coração que nunca para de bater. Não dá para viver sem amor de mãe. Quando chega a hora dela ir embora, faz muita falta.

Mãe é a Tua cara. É Tua melhor obra de arte. Saiu tão amável de Tuas mãos abençoadas que Tu mesmo quiseste ter uma. Até Tu quiseste experimentar o calor de seu seio, o aconchego de seu colo, a ternura de sua carícia, a doçura de sua voz, o sabor de sua comida, o cuidado de seus gestos e a segurança de sua presença. Na Tua breve passagem no meio de nós, nunca desgrudaste dela e ela nunca Te perdeu de vista.

Até na Cruz, ela ficou ao Teu lado protótipo do amor de mãe que encara qualquer coisa para cuidar do filho, sobretudo na hora do sofrimento. E depois de dar o último respiro, foi ela que recebeu em seus frágeis braços o Teu corpo sem vida tornando-se a Mãe da Piedade, ícone de todas as Marias das Dores que choram pelos filhos ceifados pela violência, a guerra, a miséria e a fome.

Tu que sentiste na pele quão precioso seja o amor materno, protege todas as mães para que possam cuidar bem de seus filhos. Ilumina o poder público para que cuide das mães em dificuldade e lhes dê suporte para não desistir de sua missão. Que nenhuma criança seja privada desse gostoso carinho.

Abençoa as mulheres que amparam as crianças que não podem contar com suas mães biológicas e, quando possível, fazem de tudo para que seus filhos adotivos possam restabelecer o vínculo com a família de origem.

Olha com especial carinho as mães encarceradas e as mães dos encarcerados que, além de sofrer pelos erros dos filhos, têm que suportar a cruz do preconceito e da criminalização. Ajude-nos a lutar com elas para que sejam tratadas com respeito.

Fortalece as mães que sofrem as consequências da dependência química e do alcoolismo. Atende suas súplicas pela recuperação de seus filhos e incentiva nossa solidariedade com elas.

Abriga as mães que criam seus filhos na rua. Fomenta a partilha para que nenhuma mãe passe pelo desespero de não ter comida para suas crianças.

Consola as mães que perderam prematuramente seus filhos. Como tiveste compaixão pelas lágrimas da viúva de Naim que enterrava seu único filho, assim compadece-te de todas as mães que tiveram seus filhos arrancados pela violência. Transforma seu luto em luta pela consolidação da cultura da paz.

Por último, cuida de nossas mães que já estão contigo no Céu e organiza com elas uma bela festa, pois são merecedoras dessa Tua homenagem. Foi através delas que aprendemos a Te amar e a Te seguir.

Mãe, receba meu forte abraço e um grande beijo.

Seja feliz todos os dias de sua vida!

COMENTÁRIOS