buscar
por

Fraternidade e tráfico humano

A Campanha da Fraternidade

Campanha da fraternidade: Fraternidade e Tráfico Humano

"É para a liberdade que Cristo nos libertou" (Gl 5,1)!  Este é o lema da Campanha da Fraternidade deste ano. Este lema é a Luz da Palavra de Deus que é a lançada pela Igreja sobre as trevas terríveis que se resumem nestas duas palavras: "Tráfico Humano". A Palavra de Deus ecoa em nosso coração, faz abrir os nossos olhos e nos convoca neste tempo de preparação para a celebração da Páscoa, a quaresma.

A celebração da Páscoa é, sobretudo, a celebração da Vitória sobre o pecado, todo pecado. Sabemos todos que esta celebração nãé uma simples comemoração de um evento do passado. É celebração atualizada, Obra e Dom do Espírito Santo aqui e agora, na história da humanidade. No entanto, nós nos deparamos com esta realidade deprimente e vergonhosa de seres humanos negociando seres humanos, seres humanos violando famílias arrancando-lhes o que têm de mais sagrado que são os filhos gerados, sangue do seu sangue, roubados e negociados como objetos sem qualquer sentimento de piedade.

A Igreja no Brasil, como faz todos os anos no tempo da Quaresma, propõe aos fiéis cristãos católicos este tema e lema: "Fraternidade e Tráfico Humano".

É uma situação complexa que preocupa a todos e nos deixa indignados. Nosso apelo é profundamente religioso. Queremos e pedimos Deus a graça da conversão destes seres humanos engajados na destruição de seres humanos tendo em vista de um lucro vil e desonesto. Essas pessoas precisam de uma nova hierarquia de valores à Luz da Palavra de Deus: "É para a liberdade que Cristo nos libertou"!

A quaresma é um tempo especial que nos introduz na preparação próxima para a celebração da Páscoa do Senhor. Para isso, a Igreja costuma direcionar-nos sob a luz de três atitudes fundamentais da piedade cristã: a oração, a caridade e o jejum. A Igreja convida-nos a orarmos pelos pecadores, neste caso, os traficantes de seres humanos, para que se convertam. Nós cremos no poder da oração. Aquilo que aos olhos humanos possa parecer- nos impossível, porém, a Deus, que conhece o coração humano, é possível. Basta lermos a história da Igreja para tirarmos qualquer dúvida. Sim, para Deus nada éimpossível! 

A oração confiante e reparadora poderá suscitar muitas conversões. Para Deus tudo é possível!

Quando falo em oração reparadora lembro que ela inclui automaticamente o nosso testemunho de caridade e atitude de inclusão de nossos semelhantes em nosso coração orante, que expressa aquilo que buscamos viver de maneira coerente e verdadeira. Oração e caridade andam juntas e bem unidas.

Da mesma forma o jejum nãé apenas um deixar de comer ou beber. O jejum é expressão orante e caridosa em benefício de nossos irmãos que precisam de nosso auxílio espiritual. Oração, caridade e jejum são praticamente inseparáveis, pois têm como centro o Senhor nosso Deus!

Portanto, oração reparadora, caridade reparadora e jejum reparador! Boa preparação para a Páscoa! 

COMENTÁRIOS