buscar
por

Deixa o diabo para lá e conversa mais com Deus

Um vídeo que circula na Internet mostra um líder de uma determinada denominação religiosa fazer uma longa entrevista com o “diabo”. É impressionante verificar como o diabo dá plantão em certas igrejas.

Estimulado por líderes religiosos que fazem questão de passar-lhe o microfone, concede até entrevistas coletivas para falar mal de todas as outras crenças, exceto, naturalmente daquela do anfitrião devidamente apontada pelo diabo como a única em condição de garantir a salvação. Mas, desde quando, a palavra do diabo merece credibilidade?

Olhem o que o Apóstolo João diz a respeito dele: “Ele foi homicida desde o princípio e não se apegou à verdade, pois não há verdade nele. Quando mente, fala a sua própria língua, pois é mentiroso e pai da mentira” (João 8,44). Se o diabo mente descaradamente, não pode ser motivo de orgulho qualquer elogio que venha dele.

No lugar de ficar de conversinha com o diabo dando ouvido às besteiras que cospe pela boca, que tal uma boa conversa com Deus? Maria, irmã de Marta e Lázaro, nos dá uma lição e tanto. No lugar de dar ouvido ao encardido, a melhor parte é sentar aos pés do Mestre para ouvir sua Palavra e encher o coração de amor verdadeiro.

Mais tempo se passa com o diabo e mais se aprofundam as divisões entre nós e a maldade toma conta da gente. O tempo passado com Deus, ao contrário, é um investimento valioso para tornar o nosso mundo a Casa da Paz, da Justiça e Fraternidade que tanto desejamos. QUEREMO-NOS BEM

 

COMENTÁRIOS