buscar
por

Como as emoções influenciam na saúde

Sim, as emoções influenciam na saúde! De maneira geral as pessoas não gostam de ouvir “ah, isso é psicológico” e têm razão. Quando a disfunção aparece ela é física, mas a sua origem pode ser emocional e, identificá-la ajuda no processo de re-equilíbrio. Por diversas vezes pude constatar essa influência. A  percepção dos movimentos corporais ajuda a identificar e corrigir e pode ser muito útil no tratamento.

Mulher de 56 anos procurou a clínica em 2002 por estar sentindo fortes dores na região lombar e no quadril, também referiu dor crônica no ombro direito.

Após dois meses e meio de tratamento a dor lombar e do quadril tinha acabado, mas, o ombro continuava doendo, foi então que durante a execução de um exercício de movimentos lentos e de total concentração, para perceber que músculos trabalham para movimentar o ombro em cada direção, começou a chorar e ao final do tratamento naquele dia, relatou que no momento que relaxava os músculos do ombro, lembrou de um pesadelo, onde era apunhalada no ombro direito.

O problema se originou quando ao levar uma colega de trabalho de outro setor para o seu, esta “colega” conseguiu tirá-la do cargo de chefe e assumiu seu lugar.

Naquela noite ela teve o pesadelo de estar sendo apunhalada no ombro.

Ombro no qual sentiu dores por 14 anos e para o qual todos os tratamentos anteriores nada resolveram.

Este foi o primeiro de muitos relatos que ouvi de pessoas que me procuraram para tratar dores e que ao relaxar seus músculos e ativar a percepção do cérebro sobre o corpo recordavam de fatos marcantes em suas vidas, geralmente associados a problemas e traumas que no passado, levaram a contração muscular como forma de defesa ao agente agressor.

“O corpo é a memória viva de nossas emoções”

 

COMENTÁRIOS