buscar
por

Pedido de perdão e homenagem durante a Missa das Pastorais Sociais no Convento da Penha

Dois momentos marcaram a Missa das Pastorais Sociais na manhã desta segunda-feira no Campinho do Convento; o pedido de perdão dos pecados cometidos pelas pastorais, quando foi levado aos pés do altar uma grande faixa na qual estavam escritos esses pecados, e uma homenagem a todos agentes das pastorais, em especial às mulheres, que dedicam suas vidas  prestando serviços  aos mais pobres e necessitados e que trabalham no anonimato em suas comunidades.

No momento de pedido de perdão, pecados como a falta de misericórdia para com o próximo, o pessimismo generalizado que impede e paralisa a ação social nas comunidades e a violência foram citados.

Durante a homenagem foi lido um cordel de autoria de assistente social Elizabeth Regina Lopes, exaltando o trabalho de cada uma das pastorais da Arquidiocese de Vitória. Mulheres de todas as pastorais entraram com as bandeiras de cada pastoral e rosas, que foram oferecidas a Nossa Senhora da Penha

Nosso Canto Magnífica
A minha alma engrandece o Senhor,
E meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador,
Pela ação da Pastoral da Saúde
Cuidando dos doentes com carinho e muito amor
Porque olha pela humildade dos agentes
Da nossa Pastoral do Menor
Que defendem “com unhas e dentes”
O Direito à vida das crianças e adolescentes
Doravante as gerações
Me chamarão de bem aventurada
Pela atuação da Pastoral Operária
Com a classe desempregada
O Poderoso faz por nós grandes coisas
Pra libertar o povo da opressão
Com a prevenção, a Pastoral da AIDS,
Combate o preconceito e a discriminação
Com o seu braço firme e forte
Dispersa os orgulhosos de coração
Motivando a solidariedade da Pastoral Carcerária
Com nossos irmãos na prisão
O Senhor enche de bens os famintos,
E nutre a Pastoral da Sobriedade
Pra acolher as pessoas com dependência química.
Que atinge todas as classes, gênero e idade.
Sua misericórdia se estende de geração em geração
Sua graça é infinita e é grande sua bondade
Conduz a Pastoral da Pessoa Idosa
Com direito e cidadania pras pessoas da 3ª idade
A minha alma engrandece ao Senhor
Por sua Glória exultante
Com o trabalho e a metodologia
Da ação organizada da Pastoral Migrante
O nome do Senhor é Santo
E brilha para nós como a luz da Lua
Iluminando e protegendo os irmãos desamparados
Com o apoio da Pastoral do Povo de Rua
Meu espírito em Deus se alinha
E aumenta a minha esperança
Com a dedicação e amor às criancinhas
Das agentes e Líderes da Pastoral da Criança
Como membros da Igreja Católica Apostólica Romana
Queremos usufruir dos recursos naturais com harmonia
Para preservar “Nossa Casa Comum” da destruição humana
Que Deus abençoe a Pastoral da Ecologia
Que subamos sempre as montanhas
Pois teremos sempre muitas “Isabéis”
Aos que precisam do nosso trabalho
Que sejamos sempre fiéis.
Pois o Cristo Ressuscitado
Vive e presente está
Pode ser no pobre e marginalizado
Um dia ele voltará
Somos tantas as Marias
Nas Pastorais Sociais
Nossa ação sociotransformadora
Estabelece nossas credenciais.

A missa, presidida  pelo Pe. Renato Criste, coordenador do Departamento Pastoral da Arquidiocese de Vitória e pároco da Paróquia  Nossa Senhora da Vitória, foi animada pelo coral de crianças e jovens do Projeto Social São José de Calazans.

COMENTÁRIOS