buscar
por

"O coração do cristão não pode dar espaço para o ódio", afirma Dom Luiz na abertura da Festa da Penha

O Campinho do Convento ficou repleto dos fieis que participaram da abertura da Festa da Penha 2016 neste domingo, 27. Antes da oração do oitavário, que foi presidido pelo ministro Provincial da Ordem Franciscana Frei Fidêncio Vanboemmel, a imagem de Nossa Senhora da Penha passou pelo meio do povo antes e ser colocada próximo ai altar onde ficará durante toda a semana Falando sobre o tema da Festa, “Maria, Mãe e Porta da Misericórdia”, Frei Fidêncio disse que Deus precisa das mulheres para gerar misericórdia.

A celebração Eucarística foi presidida pelo arcebispo Dom Luiz Mancilha Vilela e animada pela área pastoral de Vila Velha. Também estavam presentes o bispo auxiliar Dom Rubens Sevilha, vários sacerdotes da área e freis franciscanos. Durante a sua homilia, Dom Luiz destacou que a Páscoa é um acontecimento de fé, no qual Deus vem até nós. Aquele que crê acolhe Jesus no seu coração. O Arcebispo enfatizou que o coração do cristão não pode dar espaço para o ódio, o desprezo e a vaidade. “Nós somos de Deus!”, exclamou o arcebispo, sendo repetido pelos fieis. Associando a festa da Páscoa à figura de Maria, Dom Luiz disse que Maria é a senhoras das alegrias, mas também é a mãe da misericórdia que gerou Jesus, o retrato da bondade de Deus. Ao final da celebração, jovens da Paróquia Santa Mãe de Deus, do Ibes, prestaram homenagem a Nossa Senhora da Penha com a música Primeira Cristã do Padre Zezinho.

Amanhã, segundo dia do oitavário, a participação é da área pastoral Serrana. Acompanhe aqui a programação.

Confira as fotos da Procissão Fotográfica feitas pelos alunos do curso de Comunicação Social da faculdade FAESA.  

COMENTÁRIOS