buscar
por

Hora de vacinar as crianças contra o sarampo e a paralisia infantil

Esta semana começou o campanha nacional contra o sarampo e a pólio e a orientação é que crianças de 1 a 5 anos sejam vacinadas em todo o país. Segundo o Ministério da Saúde, mesmo as crianças que já foram vacinadas anteriormente precisam de um reforço.

A campanha segue até o dia 31 de agosto e o Dia D de mobilização será no dia 18, quando os mais de 36 mil postos estarão abertos. O Ministério da Saúde espera vacinar 11,2 milhões de crianças dessa faixa etária e diminuir a possibilidade de retorno da pólio e reemergência do sarampo, doenças já eliminadas no Brasil

Sarampo

Esse ano a campanha é ainda mais importante dada à volta da circulação do sarampo no território brasileiro e a ameaça da poliomielite. O Brasil tem 822 casos confirmados de sarampo em 2018.

“A cobertura vacinal elevada faz a doença desaparecer. E é por isso que devemos continuar vacinando nossos filhos, para manter essas doenças longe do Brasil”, disse Gilberto Occhi, ministro da Saúde, em nota.

Paralisia Infantil

Com relação à paralisia infantil, trata-se de uma precaução, já que 312 cidades estão abaixo da meta preconizada para o controle da doença e um caso foi registrado na Venezuela em junho. Não há, contudo, casos de paralisia infantil no Brasil.

O país erradicou a poliomielite do território em 1994; já o certificado de eliminação do sarampo havia sido alcançado em 2016.

 

COMENTÁRIOS