buscar
por

Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate” é tema do retiro dos bispos na 56ª Assembleia Geral da CNBB

A Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate”, lançada pelo Papa Francisco nesta semana é o tema do retiro espiritual dos bispos que participam da 56ª Assembleia Geral da CNBB  neste sábado e domingo.

O documento será a inspiração para o bispo emérito da Prelazia do Marajó, no estado do Pará, Dom José Luiz Azcona, orientador e pregador oficial do retiro, disse: “Aprofundaremos os desafios de sermos santos no mundo de hoje, dirigido com precisão à nossa realidade de bispos do Brasil”.

Para o religioso, as raízes da santidade e, portanto, do bispo hoje, sempre estão na sua condição primeira de cristão. O bispo emérito afirma que é necessário chegar à identidade de cristão para ser missionário.

O retiro será encerrado às 11h30 deste domingo com a celebração de uma missa no Santuário Nacional de Aparecida.

Para o Arcebispo de Vitória, Dom Luiz Mancilha Vilela esse é um momento importante porque a oração certamente vai iluminar a assimilação dos conteúdos propostos nestes primeiros dias da Assembleia: a análise de conjuntura, o texto sobre liturgia e a revisão do estatuto da CNBB.

Na segunda-feira está prevista pela manhã, na primeira sessão, a realização de uma reunião reservada com o episcopado.

Na segunda sessão, realizada no auditório do Centro de Convenções Pe. Vitor Coelho de Almeida, será abordado o tema “O Ano Vocacional”, programado para acontecer em 2019. Na ocasião também terá início, por meio de votação digital, a escolha dos bispos titulares e suplentes que vão representar o Brasil na Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, que acontece entre os dias 3 e 28 de outubro de 2018, e que tem como tema: “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”. A votação se estende por várias sessões ao longo até o dia 19 de abril.

Ainda na segunda-feira, acontece às 9 horas na Sala  de Coletiva, o terceiro “Meeting Point” que terá como tema: “A experiência das Igrejas locais em regiões extremas do Brasil” e contará com a participação de dom Pedro José Conti, bispo de Macapá (AP) e de dom Ricardo Hoepers, bispo de Rio Grande (RS).

Eles falarão do desafio de ser Igreja nestas realidades extremas e particulares do país, como o Oiapoque, no extremo norte, e o Chuí, no extremo Sul.

Na parte da tarde, a Coletiva de Imprensa abordará o projeto Pensando o Brasil cujo tema é “O Estado Laico”. Também serão abordados a realização do Ano do Laicato e as próximas ações que se estendem até novembro, na Festa de Cristo Rei, e a realização do 18º Congresso Eucarístico Nacional. Estão confirmdas as presenças de Dom Severino Clasen, bispo de Caçador (SC); Dom Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife (PE) e Dom Roberto Ferreria Paz, bispo de Campos (RJ)

 

COMENTÁRIOS