buscar
por

Aviso fixado na porta do quarto do Papa alerta: Proibido lamentar-se!

Mesmo de férias, o Papa Francisco não perde a oportunidade de mandar mensagens para os cristãos do mundo todo. Utilizando-se do bom humor, característica que é marcante em Francisco, ele afixou uma mensagem na porta de seu quarto, na Casa Santa Marta, alertando que é proibido lamentar-se.

Mais abaixo é explicado que “os transgressores estão sujeitos a uma síndrome de vitimismo com a consequente diminuição de tom do humor e a capacidade para resolver os problemas”. O texto também explica que a sanção será dobrada “se cometida na presença de crianças”.

A mensagem pode ser encarada como divertida, mas é um convite à reflexão sobre como é importante agradecermos diariamente  a tudo que temos ao invés de reclamarmos da vida.

O texto termina dizendo: “Para se obter o melhor de si mesmo, deve-se concentrar nas próprias potencialidades e não nos próprios limites, portanto: Pare de se queixar e aja para tornar a tua vida melhor”.

O autor

O autor das frases é o psicoterapeuta Salvo Noé, que escreve de livros e ministra cursos de motivação. Ele esteve com o Papa Francisco na Praça São Pedro ao final da Audiência Geral de 14 de junho e na ocasião presenteou Francisco com a cartela, um livro e uma pulseira. O autor dedicou algumas páginas de seu último livro ao Papa.

Ao agradecer o presente, Francisco disse que iria colocar o aviso na porta de seu escritório, onde recebe as pessoas. Entretanto, como o “escritório” onde costuma conceder as audiências é no Palácio Apostólico , cuja austeridade e beleza não se enquadrariam com estilo da cartela,- o Papa decidiu fixá-la na porta de seu quarto.

O aviso, como não poderia deixar de ser, acabou chamando a atenção de algumas pessoas na Santa Marta, entre elas a de um idoso sacerdote italiano, amigo de longa data de  Francisco, que depois de pedir autorização, tirou algumas fotos do aviso para poder divulgar.

“Deusa lamentela”

É frequente o  Papa chamar a atenção dos cristãos para o fim das queixas, tão habituais que lhes configuram como  adoradores da “deusa lamentela”, expressão usada por Francisco para personificar o mau hábito.

“Às vezes, alguns cristãos melancólicos tem mais cara de pimenta no vinagre que de pessoas alegres que tem uma vida bela!”, comentou logo após ter sido eleito. Então, o recado que o Papa nos transmite com a atitude bem humorada, é que tenhamos mais motivos para agradecer.

COMENTÁRIOS