buscar
por

Área Pastoral de Serra/Fundão deu inicio hoje à caminhada para a Assembleia do Povo de Deus motivada por Dom Dario

A segunda área pastoral a iniciar a preparação para a Assembleia do Povo de Deus foi a de Serra e “fez bonito” caprichando na apresentação para que o Arcebispo Metropolitano tomasse conhecimento das características e da ação pastoral que acontece na região.

Com o salão cheio e a presença de todos os padres da área pastoral, diáconos, religiosos e religiosas e membros dos Conselhos, padre Jones, coordenador da área acolheu a todos. Durante a oração foram lembrados os momentos importantes da ação pastoral e depois usando os recursos de vídeo e power point o território de Serra e Fundão foi apresentado de maneira dinâmica. 19 paróquias e 141 comunidades evangelizam através da catequese no estilo catecumenal, realizam retiros espirituais com secretários, coordenadores e tesoureiros e também com os padres da área pastoral. Como destaque apresentaram a missa de encerramento do ano pastoral, a visita da imagem de Nossa Senhora da Vitória por ocasião das celebrações de 60 anos de criação da Arquidiocese, as atividades com os detentos do Centro de Detenção e as formações para agentes de pastoral.

Ao se dirigir aos presentes Dom Dario elogiou a organização e atividades pastorais, insistiu que cada um deve descobrir qual o seu lugar e pontuou alguns aspectos que já havia dito na área de Vila Velha: “quero ser amigo e irmão de vocês, mas sou humano e detesto fofoca e mentira. A gente tem que ser verdadeiro”. Dom Dario disse que aprendeu em casa, porque se fizesse fofoca era ‘surra mesmo’.

Depois Dom Dario falou dos desafios e disse: “Vocês são os braços e os pés do Arcebispo, dos padres, dos diáconos, religiosos e religiosas. Vocês estão lá próximo de quem precisa em nome da Igreja, muitas vezes em lugares que nós não conseguimos estar quando necessário”.

Motivado e motivando a todos pelo momento litúrgico que vivemos, o Arcebispo lembrou que estamos na porta de entrada da Semana Santa e disse: “agora vamos com Jesus até ao Calvário, mas não vamos deixá-lo lá porque Ele vai ressuscitar. Muitos levam Jesus até ao Calvário e o deixam lá, mas porque estão sofridos que se identificam com Jesus na cruz. E se não estamos levando o povo até Jesus Ressuscitado é porque não estamos entendendo nada do povo”. De maneira e com linguagem bem simples Dom Dario lembrou que o mesmo povo que aplaude Jesus na entrada em Jerusalém vai gritar na Sexta-Feira Santa ‘crucifica-o’ e pediu que a Semana Santa seja marcada pela acolhida de Cristo Rei explicando a importância do Tríduo Pascal que é uma única liturgia que inicia na 5ª Feira Santa e termina na Vigília Pascal.

Quanto à Assembleia o Arcebispo lembrou o lema: Somos um só corpo! e incentivou a sermos Igreja em saída, retomando a alegria, o entusiasmo, a esperança e caminharmos na barca do Papa Francisco porque entrar em outra barca é entrar em canoa furada, apelo feito também na área pastoral de Vila Velha.

Após a palavra de Dom Dario, pe. Renato Criste, coordenador de pastoral apresentou como serão os passos para a Assembleia do Povo de Deus que já começa em cada área pastoral após a visita de Dom Dario. Serão feitas assembleias comunitárias, paroquiais, de área pastoral e por fim a Assembleia Arquidiocesana.

 

COMENTÁRIOS