buscar
por

A indiferença mata, diz Papa Francisco enquanto reza pelo Oriente Médio

Em Bari no sul da Itália o Papa Francisco encontrou-se com os Patriarcas e juntos rezaram pela paz no Oriente Médio, sábado, 7 de julho de 2018. O local foi escolhido porque ali tem a Basílica de São Nicolau, santo venerado pelas Igrejas Orientais.

Após a veneração das relíquias do santo que estão na cripta, o Papa e os Patriarcas encontraram-se com o povo na Praça e ali iniciaram a oração ecumênica pela paz no Oriente Médio.

O Papa falou de São Nicolau (“que este santo taumaturgo possa curar as feridas de muitos”) e do Oriente Médio no passado (“Daquelas terras do Oriente, onde nasceu o Salvador propagou-se a fé pelo mundo inteiro”) e no presente (“mas, naquela esplendida região, adensou-se, especialmente nos últimos anos, uma espessa cortina de trevas:guerras, violências, destruições, ocupações, fundamentalismos, migrações forçadas e abandono… Tudo isso sob o silêncio de tantos e a cumplicidade de muitos”) e, terminou dizendo:

“A indiferença mata! Mas, nós queremos ser voz que contrasta a morte da indiferença. Queremos dar voz a quem não tem voz, a quem chora, sofre e emudece no Oriente Médio, enquanto muitos o espezinham em busca de poder e riquezas. Imploremos a Deus a paz para os pequeninos, os simples, os feridos! Que Deus atenda a nossa oração”.

 

COMENTÁRIOS